Minha paixão pela culinária começou logo cedo com a minha primeira e grande professora, a minha avó. Dona Yolanda adorava me levar nas feiras livres do bairro para prover a casa com temperos, frutas e legumes frescos. E nesse ritual sagrado me fazia apreciar cada cor, aroma, textura, cada sabor. Foi com ela que eu aprendi que a cozinha, antes de mais nada, é uma experiência pra ser apreciada com todos os nossos sentidos. E é isso que procuro aplicar até hoje em cada uma das minhas criações.

Meu percurso:

Formada na FMU, comecei minha carreira no restaurante Namesa de Alex Atala e depois na Livraria Mille Foglie que tinha seu cardápio assinado por Carla Pernambuco. Para aprimorar minha experiência com alimentação saudável e agricultura orgânica, em 2005 fui viver em Amsterdam. Lá atuei como chef do Green Planet Restaurant, um bistrô com um cardápio que aliava alta gastronomia com cozinha vegetariana e orgânica, do qual acabei me tornando sócia.

Depois de 4 anos vivendo na Europa senti a necessidade de voltar às minhas raízes, de pesquisar nossos ingredientes nativos e aliar suas propriedades à cozinha funcional. Foi assim que iniciei a pós graduação em Vivências Culturais em Gastronomia no Senac SP, em seguida a de Gastronomia Funcional na Famesp.

Atualmente além de autora do Falando Abobrinhas, sou chef consultora em gastronomia funcional e elaboro cardápios saudáveis para diversas empresas, restaurantes e spas em todo Brasil. Em paralelo sou docente nos cursos gastronomia e pós graduação em gastronomia funcional na Famesp e Senac em São Paulo.